Parada Gráfica 2017

O release da Parada Gráfica diz que “é uma feira de publicações e peças gráficas, como zines, revistas, livros, gravuras, posters, ilustrações, objetos e obras variadas de arte impressa, produzidas e distribuídas de forma independente”, e que “na Parada também acontecem mesas de conversas, palestras e oficinas de gravuras, quadrinhos e demais manifestações das artes gráficas.”

É isso, e muito mais: a Parada é um dos eventos anuais mais legais de Porto Alegre. É um dos obrigatórios. É um desfile de novos e velhos artistas de todo o Brasil vendendo suas obras a preços módicos e tocando sua vida a serviço da arte – e isso não é fácil.

O artista gráfico convidado este ano para criar o cartaz da feira foi Jaca, quadrinista com trabalhos publicados nas revistas Dundum, Animal, Geraldão, Big Bang Bang, Edições Tonto, Front, Ragú, F, e nos fanzines Tarja Preta, Bagazine e Prego. Seu trabalho para a Feira está à venda, na Parada mesmo. Por apenas R$ 25. É disso que se trata.

O evento acontece no Museu do Trabalho (Rua dos Andradas, 230, Centro Histórico, Porto Alegre), dias 26 e 27 de agosto, das 13h30min às 19h30min.