Prêmios para os melhores clipes

A quinta edição do m-v-f-, concurso que dá prêmios aos melhores videoclipes, tá no ar. Artistas, diretores e produtoras de todo o mundo já podem se inscrever através do site até o dia 14 de julho. Os sete videoclipes vencedores serão anunciados na cerimônia de encerramento do m-v-f- 2017, dias 29 e 30 de julho no MIS SP.

Nesta edição, além das tradicionais categorias de Melhor Direção em Videoclipe Nacional e Melhor Direção em Videoclipe Internacional – Escolhas do Júri e do Público, o m-v-f- awards introduz os prêmios (segundo escolha do júri) de Videoclipe Revelação – Nacional e Internacional, que reconhece novos talentos de direção, e Melhor Videoclipe de Inovação, destinado a destacar aqueles que estão reinventando o videoclipe e levando esta arte para novas direções, através de formatos inovadores de produção e distribuição, ou técnicas como interatividade, 360o, e realidade virtual. Nesta última categoria, concorrem trabalhos nacionais e internacionais, para um único prêmio.

Os 15 finalistas serão divulgados no site do festival a partir de 18 de julho, quando também estão abertas as votações para o público, até às 23h59 do dia 28 de julho.
Neste ano, o júri do m-v-f- awards 2017 é composto pelo artista Thiago Pethit, a jornalista Érika Palomino, o diretor Fernando Del Reginato e um convidado internacional ainda a ser confirmado.

Em 2016, o prêmio de Melhor Direção Videoclipe Nacional (categoria público) foi para Felipe Sassi, por “Lista VIP”, do BOSS IN DRAMA feat. Karol Conká.

A Melhor Direção em Videoclipe Nacional para o júri foi para a Alaska Filmes, pelo clipe “Ai, Ai, Como Eu Me Iludo”, da banda O Terno.
O videoclipe em 360º “Prendedor de Varal”, da banda Liniker e os Caramelows, foi dirigido por Rodrigo de Carvalho, vencedor do prêmio m-v-f- Future Talent. O prêmio m-v-f- future talent já realizou dois outros videoclipes em anos anteriores do festival: “Great Strings”, do Holger, e “Catraca”, da Banda Uó.